EM FORTALEZA (CE), VÍDEO EXCLUSIVO; "ELES TINHAM LIBERDADE", SE DEFENDE SUSPEITO DE MANTER FAMÍLIA EM CÁRCERE PRIVADO

Foto: Fábio Lima/ O POVO

Em vídeo exclusivo do O POVO, o empresário suspeito de manter a esposa e os seis filhos em cárcere privado disse que a família não saía há apenas seis meses, após suposta ameaça de criminosos.


A Defensoria Pública aponta preliminarmente que a situação ocorria há 19 anos, mas ainda não há detalhes sobre a natureza do isolamento.


O tempo em que os seis filhos do empresário conduzido à Delegacia nesta sexta-feira, 25, ficaram em cárcere privado será apurado pela Polícia Civil

O suspeito foi abordado pelo O POVO quando estava no 2º Distrito Policial, durante a tarde, enquanto tentava cobrir o rosto. "Só uns seis meses, depois da tentativa de matar as crianças. Os bandidos, a câmera filmou", disse. Após novo questionamento, ele afirmou que as crianças tinham liberdade de ir ao shopping. "Não, eles tinham liberdade. Pro shopping, passeio, tudo", disse. Depois, ele informou que não daria declarações, "apenas para as autoridades".

O POVO Online não publica o nome do agressor para preservar a identidade dos filhos.


AUTOR: O POVO

Ao se identificar seu comentário terá mais relevância.
EmoticonEmoticon