EM FORTALEZA (CE), JOVEM DE 17 ANOS, TORTURADO E PRESTES A SER MORTO, É SALVO PELA POLÍCIA

Jovem foi encontrado com os pés e as mãos amarradas e com um saco na cabeça. Ele apresentava marcas de tortura. (Foto: Leitor via WhatsApp)

Um adolescente de 17 anos foi capturado por um grupo armado e estava prestes a ser executado quando foi salvo por policiais militares na Lagoa do Urubu, no bairro Álvaro Weyne, em Fortaleza. O caso aconteceu no fim da manhã nesta quinta-feira, 24. 


Segundo uma fonte da Polícia Civil, os PMs da Força Tática de Apoio (FTA) estavam patrulhando às margens da lagoa quando perceberam um grupo de homens que se assustou com a presença da polícia e correu.

A patrulha foi até o matagal e encontrou um jovem com os pés e as mãos amarradas e com um saco na cabeça. Ele apresentava marcas de tortura. O adolescente tinha ido olhar o incêndio que ocorreu no depósito da Enel e acabou capturado pelo grupo criminoso. 


Fonte do O POVO informou que a pessoa que é de determinada área do bairro é impedida por traficantes de passar pela região da Lagoa do Urubu.

Nas proximidades, a Polícia ainda identificou um suspeito. No celular dele, os PMs encontram fotos do rapaz sob situação de tortura. O homem foi preso e levado à delegacia. Francisco Claudio Soares foi autuado pelo delegado Alexander Saunders, por crime de tortura, tentativa de homicídio e por portar um simulacro de fuzil. 


Com o suspeito também também foi encontrado uma máscara e um colete balístico. Ele nega o envolvimento no caso. 

O jovem foi ouvido, levado ao Instituto Médico Legal (IML) e depois encaminhado a um local não informado por questões de segurança. 


AUTOR: O POVO

Ao se identificar seu comentário terá mais relevância.
EmoticonEmoticon