Quadrilha armada ataca cidade de Miraíma e explode agência bancária na madrugada

Assaltantes também dispararam tiros contra o prédio do Destacamento da Polícia Militar e impediram os policiais de reagir à ação criminosa
Curiosos observam a destruição na agência do Bradesco

Uma quadrilha fortemente armada e contando com artefatos explosivos atacou, no começo da madrugada desta quinta-feira (1º), a cidade de Miraíma, na Região Norte do Estado (a 184Km de Fortaleza). O bando cercou o prédio onde funciona o Destacamento da PM, metralhou a fachada e a viatura e, em seguida, assaltou um banco, explodindo os caixas eletrônicos.

Era por volta de 0h quando a cidade foi surpreendida com a ação dos assaltantes. Eles estavam em vários veículos e se dividiram em dois grupos. Um deles se encarregou de render os quatro policiais militares que estavam na sede do Destacamento da PM. Tiros foram disparados impedindo que os militares saíssem às ruas para evitar o assalto.

A outra parte da quadrilha foi até a agência do Bradesco, invadiu o prédio e colocou os artefatos nos caixas eletrônicos, provocando a explosão em poucos minutos.
A detonação deixou o imóvel completamente destruído e a Polícia não sabe, ainda, se os ladrões conseguiram levar todo o dinheiro que havia no equipamento.

Policiais de Municípios vizinhos a Miraíma, como Itapipoca, Santana do Acaraú, Irauçuba e Sobral foram enviados como reforço àquela cidade, assim como patrulhas do Comando Tático Rural (Cotar), pertencente ao Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque). O cerco continua na região.

Pouca resistência

Este foi o 20º ataque a banco no Ceará neste ano. Os assaltantes buscam assaltar agências e postos bancários em cidades de pequeno e médio portes, onde o número de policiais é reduzido, o que facilita a ação criminosa e a fuga após o ataque.

JANEIRO

01 (10.1.) – Quadrilha fortemente armada taca e explode a agência do Banco do Brasil da cidade de MILHÃ, no Sertão Central.

02 (24.1) – Quadrilha fortemente armada ataca a agência do Bradesco da cidade de ITAIÇABA e explode os caixas eletrônicos.

03 (26.01) – Bandidos explodem caixas eletrônicos na agência do Bradesco da cidade de TARRAFAS, na região Centro-Sul do Estado.

FEVEREIRO

04 (1º/2) – Bandidos atacam a cidade de AIUABA e explodem a bateria de caixas eletrônicos e o cofre da agência do Banco do Brasil. Em, seguida, fogem em direção ao estado do Piauí.

05 (3/2) – Ataque de uma quadrilha fortemente armada à cidade de MISSÃO VELHA, onde bandidos causaram explosões nas agências do Banco do Brasil e do Bradesco. Houve troca de tiros com a Polícia e a quadrilha fez dois reféns para fugir em direção ao Município de Jardim.

06 (3/2) – Ataque a um posto de atendimento do Bando do Brasil na cidade de ITAREMA. Bandido sozinho rendeu funcionário e levou cerca de R$ 5 mil em espécie.

07 (4/2) – Bandidos tentaram furtar dinheiro dos caixas eletrônicos, após arrombamento na agência do Banco do Brasil na cidade de JUAZEIRO DO NORTE, mas fugiram após o alarme ser disparado e a Polícia Militar acionada.

08 (4/2) – Bandidos fizeram um buraco e invadiram a agência do Banco Santander da cidade de SOBRAL, em busca de arrombar os caixas eletrônicos, mas fugiram antes de concretizar o crime, segundo a Polícia.

09 (6/2) – Quadrilha armada ataca a cidade de TEJUÇUOCA e explode os caixas eletrônicos do Banco do Brasil durante a madrugada.

10 (8/2) – Tentativa de furto de caixas eletrônicos, através de arrombamento do prédio, na agência da Caixa Econômica Federal da cidade de BARBALHA, no Cariri.

11 (9/2) – Ataque de uma quadrilha na cidade de TAMBORIL. Bandidos armados fizeram reféns e explodiram os caixas eletrônicos da agência da Caixa Econômica Federal. Na fuga, fizeram reféns e incendiaram um automóvel na estrada.

12 (14/2) – Tentativa frustrada de ataque de uma quadrilha formada por cerca de 10 homens na agência do Bradesco da cidade de REDENÇÃO. Bando abortou o plano e escapou.

13 (17/2) – Ataque violento de uma quadrilha armada na cidade de SABOEIRO, na região dos Inhamuns. Bandidos explodiram a agência do Banco do Brasil e fugiram.

MARÇO

14 (02/03) – Ataque de uma quadrilha fortemente armada em PEDRA BRANCA. Bandidos explodiram os caixas eletrônicos da agência do Bradesco e fugiram em direção à cidade de Mineirolândia, abandonando um dos carros na estrada.

15 (08/03) – Quadrilha armada ataca a cidade de ICAPUÍ e explode os caixas eletrônicos e o cofre da agência do Banco do Brasil, fugindo em direção ao Rio Grande do Norte. O grupo também atirou contra a sede do Destacamento da PM e contra uma viatura do BPTUR.

16 (31/03) – Ataque à agência do Banco do Brasil da cidade de CEDRO. Foi durante a madrugada. Cerca de 20 homens, EXPLODIRAM a agência do BB e trocaram tiros por cerca de 30 minutos com os policiais do Destacamento da PM.

ABRIL

17 (01/04) – Ataque simultâneo às agências do Banco do Brasil e Bradesco, além da Prefeitura da cidade de JAGUARUANA, no começo da madrugada. Bandidos invadiram a cidade, explodiram os equipamentos, mas na fuga, encontraram resistência. As polícias Federal e Militar já estavam de prontidão na cidade. Houve confronto por cerca de uma hora, resultando na morte de seis bandidos no local e mais um que faleceu no hospital de Aracati. Cinco pessoas foram presas. A quadrilha era interestadual, com ramificações e atuações nos estados do Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte. A Polícia apreendeu dois fuzis, uma escopeta, além de pistolas, munição e grampos usados para serem espalhados nas estradas.

MAIO

18 (02/05) – Arrombamento de um caixa eletrônico em uma agência da Caixa Econômica Federal (CEF), na cidade de QUIXADÁ. Valores furtados não foram revelados.

19 (03/05) – Ataque de uma quadrilha na cidade de CATUNDA, com a explosão dos caixas eletrônicos da agência do Banco do Brasil. Bandidos dispararam muitos tiros no local e fugiram em direção a Monsenhor Tabosa.


Fernando Ribeiro

Ao se identificar seu comentário terá mais relevância.
EmoticonEmoticon