Gilmar Mendes diz que não se sente impedido por ser relator de inquérito sobre Aécio Neves

Foto: Antonio Cruz / Agência Brasil

O ministro do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes, disse nesta segunda-feira (26) que não se sente impedido de assumir a relatoria de um dos inquéritos relacionado ao senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG). "[Não me sinto] nada impedido. Nenhum constrangimento", declarou ao sair de um evento no Instituto Fernando Henrique Cardoso, em São Paulo. Aécio tem cinco inquéritos no Supremo abertos com base nas delações premiadas de ex-executivos da Odebrecht. A relatoria de um deles foi sorteada para Gilmar na última sexta-feira (23). Inicialmente eles estavam sob responsabilidade do ministro Edson Fachin, relator dos processos ligados à Operação Lava Jato. A redistribuição aconteceu a pedido do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, sob o argumento que as delações não têm relação com as irregularidades na Petrobras.

Ao se identificar seu comentário terá mais relevância.
EmoticonEmoticon