Ônibus do sub-17 do Vasco sofre acidente e deixa jogadores feridos

Delegação juvenil voltava de jogo contra o Friburguense, em Nova Friburgo, quando veículo tombou em uma curva
Ônibus do Vasco tombado (Foto: Reprodução)

Um ônibus que transportava a equipe sub-17 do Vasco da Gama tombou e interditou totalmente, por cerca de 30 minutos, o km 50 da RJ-116, em Cachoeiras de Macacu, na tarde deste sábado (13). O Vasco, em nota, divulgou que cinco atletas ficaram feridos, além de um membro da comissão técnica, mas todos passam bem. Às 16h40, o tráfego passou a funcionar em sistema ‘pare e siga’.

As vítimas foram socorridas pelas ambulâncias do Corpo de Bombeiros de Nova Friburgo e de Cachoeiras de Macacu, do SAMU, do Hospital de Cachoeiras de Macacu e da Concessionária Rota 116 S/A. De acordo com a concessionária, os feridos foram encaminhados para o Hospital Municipal de Cachoeiras de Macacu, depois que o ônibus perdeu o freio, bateu na traseira de um caminhão e virou na pista.

Equipes da Rota 116 prestaram os primeiros socorros. O estado de saúde das vítimas ainda não foi divulgado.

Ainda de acordo com concessionária, o veículo seguia em direção ao Rio de Janeiro e os atletas participaram de uma partida pelo campeonato estadual contra o time do Friburguense, em Nova Friburgo. A equipe venceu o Friburguense às 11h deste sábado (13) por 2 a 1, no Estádio Eduardo Guinle, pela Taça Guanabara.

Nota oficial do Vasco:

“O ônibus que levava a equipe sub-17 do Vasco sofreu uma acidente na região serrana – altura de Cachoeiras de Macacu – após voltar do jogo diante da equipe contra o Friburguense, pelo Estadual, no qual os vascaínos venceram por 2 a 1. Todos os atletas e membros da comissão técnica estão bem e conscientes.


A Diretoria e o Departamento Médico do clube se encaminharam imediatamente ao local para realizar todos os procedimentos necessários.
Os atletas Bruno Clevelario, Bruno Chiaromonte, Vinicius Paiva, Douglas Carvalho, Caio Lopes e o analista de desempenho Filipe Nunes tiveram a necessidade de pronto atendimento, mas estão conscientes e passam bem, sendo acompanhados de perto por profissionais da área médica do clube.”

GE

Ao se identificar seu comentário terá mais relevância.
EmoticonEmoticon