Forças de segurança prendem 8 suspeitos em Foz do Iguaçu por assalto no Paraguai

Photo
Forças de segurança prenderam oito suspeitos de envolvimento no assalto com explosivos à empresa de segurança patrimonial Prosegur em Ciudad del Este, no Paraguai, na segunda-feira, informou a Polícia Federal brasileira em comunicado nesta terça.

As operações, realizada na região de Foz do Iguaçu, também apreenderam seis fuzis, dois barcos e sete veículos, e contaram com a participação da Polícia Rodoviária Federal e das polícias Militar e Civil do Paraná, de acordo com a PF.

O assalto ocorrido na madrugada de segunda-feira ao edifício da Prosegur deixou um policial e três suspeitos mortos, e gerou uma perseguição que se estendeu até o Brasil.

Um relatório interno da polícia paraguaia disse que 15 carros foram incendiados durante o assalto, do qual teriam participado integrantes do chamado Primeiro Comando da Capital (PCC), uma das maiores organizações criminosas do Brasil.

Um assessor da Prosegur não confirmou a quantidade de dinheiro roubada, mas garantiu que o valor é muito inferior aos 40 milhões de dólares citados por alguns meios de comunicação.

Ciudad del Este, a segundo maior cidade do Paraguai e capital do Departamento Alto Paraná, é localizada a 350 quilômetros de Assunção na região da tríplice fronteira entre Paraguai, Brasil e Argentina. A região ganhou fama no passado como local de contrabando e falsificações.

(Por Maria Clara Pestre, no Rio de Janeiro)

Ao se identificar seu comentário terá mais relevância.
EmoticonEmoticon