Auditoria intimada por Moro não encontra atos ilícitos de Lula na Petrobras

Foto: Ricardo Stuckert / Instituto Lula

Designada para investigar indícios de corrupção por parte do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na Petrobras, a auditoria independente Pricewaterhouse Coopers informou ao juiz Sérgio Moro que nenhum ato ilícito foi encontrado. A empresa auditou as contas da estatal entre os anos de 2012 e 2016. "No período em que atuamos como auditores independentes da Companhia não foram identificados e nem trazidos ao nosso conhecimento atos de corrupção ou atos ilícitos com a participação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva", diz trecho do relatório da auditoria, divulgado pela Veja. De acordo com a publicação, a empresa foi intimada para a tarefa pelo próprio magistrado da Operação Lava Jato, que julga Lula em três processos.

Ao se identificar seu comentário terá mais relevância.
EmoticonEmoticon