Após perder ônibus, adolescente furta ambulância e capota em SP

Jovem de 15 anos furtou e capotou a ambulância da Prefeitura de Paulicéia


A Polícia Civil divulgou, nesta terça-feira (11), o esclarecimento do furto de uma ambulância da Prefeitura de Paulicéia e identificou que um adolescente, de 15 anos, foi quem retirou a viatura do pátio do Poder Executivo. Conforme a corporação, o jovem relatou que pegou o veículo para voltar para sua casa, contudo, no caminho, capotou o automóvel.
O crime aconteceu na madrugada do último domingo (9). A polícia informou que a viatura, que estava estacionada em uma garagem da própria Prefeitura, foi encontrada capotada em uma estrada vicinal que liga a área urbana do município ao Residencial Jupiazinho, na zona rural.
“A Polícia Civil constatou que o furto foi perpetrado pelo adolescente de 15 anos de idade. Em sua companhia, estava um rapaz, de 18 anos. Ambos foram conduzidos até a Delegacia de Polícia de Paulicéia para esclarecimentos”, afirmou a corporação.
Ao ser questionado sobre os fatos, o adolescente informou que reside no Residencial Jupiazinho, que fica a cerca de 30 quilômetros da cidade. Ele contou que no dia do furto estava junto com o rapaz e “ambos perderam o horário do ônibus que os levaria de volta para o bairro”.
Por isso, ele decidiu entrar no almoxarifado da Prefeitura, pois “sabia que os funcionários têm o hábito de deixar as chaves das viaturas na ignição dos veículos”. Ele disse ainda que, após tomar a condução da ambulância, uma GM Montana, teve de ajudar seu comparsa a entrar no veículo, “tendo em vista que ele estava completamente embriagado”.
Em seguida, eles foram em direção ao residencial, mas, ao chegarem próximo da Vicinal Carvalho Sobrinho, o jovem perdeu o controle do veículo e capotou a viatura. Eles fugiram do local.
O caso foi encaminhado à Vara da Infância e da Juventude da Comarca de Panorama.


'Portões trancados' - Em nota, a Prefeitura de Paulicéia informou nesta terça-feira (11) que, por conta do furto e do acidente, a ambulância sofreu “danos graves” e que “o seguro já foi acionado”.

A Prefeitura salientou que “já está tomando providências para que o ocorrido não se repita”.
“Além das câmeras de segurança (que inclusive ajudaram nesta investigação), os portões antes já fechados agora ficarão trancados após os horários de expediente, ficando a chave dos cadeados com os guardas responsáveis para saída de veículos oficiais”.

Ao se identificar seu comentário terá mais relevância.
EmoticonEmoticon