Corpo de homossexual é encontrado com marcas de violência e caso vira mistério em cidade da Zona Norte do Ceará

"Bellah Sooousa" integrava a quadrilha junina "Flor de Mandacaru"


A morte de um homossexual virou mistério para as autoridades policiais do pacato Município de Cariré, localizado na Região Norte do Ceará, vizinho à cidade de Sobral.
O fato ocorreu no último fim de semana e ainda está para ser esclarecido.
O corpo de Edevaldo de Sousa, que tinha em seu perfil no Facebook o nome de “Bellah Soousa”, foi encontrado por populares no começo da manhã do último domingo (30), nas proximidades do Trevo de Santo Antônio, na entrada da cidade.
Ao tomar conhecimento do fato, o Destacamento da Polícia Militar se dirigiu ao local e acionou uma equipe do Batalhão de Policiamento Rodoviário Estadual (BPRE), já que a área onde o corpo foi encontrado faz parte do perímetro da rodovia.
Depois disso, o assunto virou mistério. Segundo a PM de Cariré, pessoas que estiveram no local teriam dito ter observado marcas de pneus nas pernas da vítima, o que pode indicar um atropelamento.
Porém, outras pessoas que acompanharam o trabalho da Perícia Forense do Ceará (Pefoce) no local, teriam visto marcas de espancamento (provavelmente pauladas) nas costas de Edvaldo quando os peritos viraram o corpo.



Pedem resposta - Edevaldo era muito conhecido em Cariré, tido como pessoa simpática e que possuía muitos amigos. Era integrante da quadrilha junina “Flor de Mandacaru”. Nas redes sociais, os amigos lamentaram a morte dele e pediram que as autoridades esclareçam o que aconteceu dêem uma resposta, e identificando o/os responsável/eis pela morte, seja por acidente ou assassinato.


Pinheirinho.net

Ao se identificar seu comentário terá mais relevância.
EmoticonEmoticon