DESARTICULADA QUADRILHA SUSPEITA DE ROUBO DE CARGA DE IPHONES, EM FORTALEZA (CE)



IMAGEM: TVDN

Uma quadrilha supostamente envolvida no roubo de carga de celulares iPhone, avaliada em R$ 350 mil, foi desarticulada pela Policia Civil do Estado do Ceará. A organização teria agido dentro do Terminal de Cargas do Aeroporto Pinto Martins e contaria com a participação criminosa de um dos funcionários do local. No roubo, que aconteceu no dia 10 de setembro, quatro infratores armados entraram no compartimento onde a carga estava, renderam os funcionários e levaram os celulares.


Conforme a Secretaria de Segurança Pública de Defesa Social (SSPDS), a operação da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas (DRFVC) identificou os oito supostos criminosos, com participações diretas e indiretas no delito. Dois deles foram presos por equipes da DRFVC e outros dois já haviam sido capturados por novas infrações. O restante dos suspeitos também serão indiciados no inquérito policial que investiga o caso.

A operação também recuperou parte do material subtraído. Ao todo, foram levados 170 celulares.

Operação

Durante as investigações, os policiais teriam percebido, conforme a SSPDS, atitudes suspeitas de de um funcionário do aeroporto e teria acesso às mercadorias que desembarcam no terminal. Ele é indicado nas investigações como informante da quadrilha. “Antes dos ladrões chegarem, ele colocou um pano vermelho sobre a carga levada, como se estivesse sinalizando o alvo para os comparsas”, esclarece o delegado Fernando Cavalcante, titular da DRFVC e responsável pelo caso.

De acordo com a SSPDS, Roni dos Santos Sousa, 43, que responde por receptação e furto, foi flagrado com sete aparelhos. O comparsa José Wilson Franklin Pereira da Silva, 27, que responde por roubo e roubo com restrição de liberdade, é apontado como responsável pela venda dos celulares e estava com quatro dos aparelhos no momento da abordagem. Ambos foram presos em flagrante por receptação.

Em outra ocasião, José Wilson é apontado como chefe de um bando que tentou arrombar dois caixas eletrônicos instalados em uma faculdade situada em Fortaleza. Ele também foi autuado em flagrante por falsificação de documento público, uso de documento falsificado e estelionato.

Os outros dois capturados foram presos por outros delitos em outras ações policiais: Diego Silva Borges, 29, que responde a três procedimentos por roubo, além de porte ilegal de arma de fogo, tentativa de roubo e dano; e Eliton Oliveira Pereira, 24, que responde a sete procedimentos policiais, sendo três por roubo, dois por receptação e os demais por estelionato e dano.

Diego era foragido de uma unidade prisional e foi recapturado pela Polícia Militar, sendo conduzido ao 35º Distrito Policial. Já Eliton foi interceptado na cidade de Beberibe, também por receptação. Os dois, juntamente com outros dois suspeitos identificados e ainda não presos participaram efetivamente do roubo.

Conforme informa a SSPDS, as imagens do circuito interno mostram que Eliton vai diretamente para o carregamento que possui o tecido vermelho, posto pelo funcionário. Já o segundo suspeito, ainda foragido, teria a incumbência de dirigir o veículo utilizado pelo bando e de articular toda a trama criminosa com o homem que trabalha no aeroporto. O oitavo envolvido também é apontado pelas investigações como responsável pela venda dos celulares.

O trabalho de investigação foi iniciado logo após o crime, e a Polícia continua as buscas pelo restante da carga roubada.
<iframe src="http://fast.player.liquidplatform.com/pApiv2/embed/e638edb2be93a598903936ba9ac84f8c/819eb061f72386a0e44e06f6d28c01a3/?gaAccount=UA-24105952-6" width="640" height="360" frameborder="0"></iframe>
VÍDEO: TV DIÁRIO

AUTOR: O POVO

Ao se identificar seu comentário terá mais relevância.
EmoticonEmoticon