Taxista morre após ser atingido por bala perdida em Niterói

 Taxista morre após ser atingido por bala perdida em Niterói
Carlos Alberto Gomes, de 37 anos, conversava com amigos quando foi baleado

O taxista Carlos Alberto Gomes, de 37 anos, morreu após ser atingido por um tiro no olho na madrugada deste sábado (30). A vítima conversava com um grupo de taxistas, em frente a um posto de gasolina, na av. Rui Barbosa, no bairro de São Francisco, em Niterói, na região metropolitana, quando foi baleada. Bombeiros foram acionados, mas Carlos Alberto não resistiu aos ferimentos.
Taxista morreu no local onde foi atingido pelo tiro
Segundo um dos taxistas que conversavam com a vítima, pouco antes do amigo ser ferido, houve um confronto no morro da Grota, também em São Francisco. Ainda de acordo com o relato, logo depois que o carro blindado da PM deixou a comunidade, houve o disparo que o matou.

O comando do 12º BPM (Niterói) informou que policiais realizavam uma operação na madrugada deste sábado na Grota quando foram alvo de disparos na saída da comunidade. Um homem ainda não identificado também morreu no local. A DH (Divisão de Homicídios) de Niterói investiga o caso.

Ao se identificar seu comentário terá mais relevância.
EmoticonEmoticon