Suspeito de 20 mortes é capturado em Pacajus

Suspeito de 20 mortes é capturado em Pacajus

Um homem procurado por três homicídios e apontado como suspeito em, pelo menos, outros 20 casos de assassinatos, foi capturado por policiais do Departamento de Inteligência da Polícia Civil (DIP). Francisco de Assis Alves Feitosa teve a ordem de prisão assinada no último dia 5 pelo juiz Cristiano Sanches de Carvalho, da Comarca de Tamboril, onde ele é acusado de vários crimes de morte. O homem, de acordo com o diretor do DIP, delegado Francisco Carlos Araújo Crisóstomo, estava escondido em um sítio de propriedade da irmã dele, no município de Aquiraz. No último domingo (17), os policiais do DIP realizaram a prisão de Francisco Alves. Conforme as investigações, em 2007, Francisco Alves teria matado José Irivan Gomes, no município de Catunda. No mesmo município, quatro anos depois, a vítima dele foi Francisco Antônio de Araújo.
Neste ano, de acordo com a Polícia, Francisco Alves teria matado a golpes de faca José Wilson Peres, morador do município de Tamboril. O crime teria sido praticado por motivo banal. Após passar a noite bebendo com a vítima, o homem sacou uma faca e desferiu vários golpes contra José Wilson Peres. Após esse homicídio, ele fugiu da Cidade. Além das três mortes, ele é apontado como autor de mais de uma dezena de homicídios. Dois idosos moradores de Tamboril também teriam sido assassinados por ele em um assalto. Francisco Alves responde ainda por uso de documento falso, furto e associação criminosa, mas não foi julgado por nenhum dos crimes. Segundo o diretor do DIP, o suspeito afirmou que sofre de depressão e já foi internado. Revelou ao investigador que toma remédio para transtornos mentais e quando ingere bebida alcoólica "fica vendo coisas". Francisco será levado para o município de Tamboril.


Diário do Nordeste

Ao se identificar seu comentário terá mais relevância.
EmoticonEmoticon