PT discute lançar campanha pedindo novas eleições caso Dilma seja afastada

PT discute lançar campanha pedindo novas eleições caso Dilma seja afastada

Com o dia D se aproximando, há quem diga que oposição e Governo nunca se movimentaram tanto para tentar, cada um, sair vitorioso neste domingo (17). De acordo com a colunista da Folha, Mônica Bergamo, o discute lançar uma campanha pedindo "diretas já" caso o impeachment seja aprovado no domingo e Dilma Rousseff seja posteriormente afastada pelo Senado. A ideia é sustentar que o mandato de Michel Temer, que assumirá interinamente até Dilma ser julgada, é ilegítimo e que "eleições já" seriam a melhor solução para a crise política.

Neste domingo ocorre, a partir das 14h, a votação que irá decidir pelo impechment da presidente.

Ao se identificar seu comentário terá mais relevância.
EmoticonEmoticon