Padre atropela e mata um homem ao dirigir bêbado no interior de SP

Padre atropela e mata um homem ao dirigir bêbado no interior de SP
Um padre de 53 anos foi preso em flagrante após atropelar e matar um ajudante de cozinha e fugir sem prestar socorro à vítima em uma estrada de Monte Mor - SP, na noite do último domingo (17). Segundo a polícia, ele estava bêbado. O padre foi liberado nesta segunda (18), após pagar fiança de R$ 5.000. Segundo a polícia, o motorista atingiu Alexsandro Rodrigues do Amaral, 39, em alta velocidade. Quando equipes médicas chegaram ao local, a vítima já estava morta, com ferimentos graves na cabeça. O padre parou cerca de 10 km depois, em uma praça de pedágio. Ele foi submetido ao teste do bafômetro, que indicou a presença de 0,36 mg de álcool por litro de sangue. Acima de 0,34 mg/l, o motorista é preso por embriaguez ao volante. Levado à delegacia, o padre foi preso e indiciado por homicídio culposo (sem intenção) e embriaguez ao volante, pagou a fiança e responderá ao processo em liberdade.

OUTRO LADO - A polícia não informou o nome do padre, alegando questões de segurança. Informou-se apenas que ele mora em Americana e voltava para casa após celebrar uma série de missas a convite de um amigo próximo. Segundo a polícia, o padre confessou que tinha bebido vinho durante todo o dia nas missas que celebrou e, por isso, estava um pouco cansado enquanto dirigia. A Arquidiocese não comentou sobre esse assunto.

Ao se identificar seu comentário terá mais relevância.
EmoticonEmoticon