PACAJUS - Policial militar é morto em banco durante roubo

 PACAJUS - Policial militar é morto em banco durante roubo
FOTO: THIAGO GADELHA
Um subtenente da Polícia Militar foi morto a bala na tarde de ontem em Pacajus, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Ele foi atacado por um grupo armado dentro de uma agência do Banco Bradesco, naquele Município. Na ação, uma mulher, que também estava na agência, foi ferida na perna. Ele é o sétimo policial morto no Ceará neste ano. De acordo com informações da Polícia Militar (PM), o subtenente Francisco Wellington da Silva, 45, lotado na 2ª Cia do 15º BPM, chegouà agência, localizada no Centro da cidade, por volta das 13h. Ele levaria nos braços um pacote, possivelmente, com valores que seriam depositados naquele banco. A movimentação no local era normal, conforme populares. Contudo, após passar da primeira porta de vidro, antes do detector de metais, o policial foi abordado por dois homens. Segundo testemunhas, sequer houve tempo para reação: um disparo foi efetuado contra a cabeça do subtenente, que caiu morto. Mais disparos teriam sido efetuados dentro da agência e uma comerciante de 43 anos foi atingida nas pernas.
Conforme a Polícia, ela teria sido ferida na veia femoral. Encaminhada ao hospital municipal, teve de ser recambiada ao Instituto Doutor José Frota (IJF), no Centro de Fortaleza, pois a unidade de saúde local estava com os médicos em greve, conforme populares. A dupla suspeita então tomou o pacote que estava nos braços do policial e fugiu do local. Pelo menos mais um homem aguardava do lado de fora, dando cobertura à ação. O grupo fugiu em um veículo Volkswagen Gol de cor prata. O veículo usado pelos bandidos na fuga foi abandonado em uma estrada carroçável, nas proximidades do município de Horizonte. A arma do policial não foi levada pelos criminosos, e permaneceu na cintura da vítima. Também não houve informação de algum outro pertence de qualquer outro cliente da agência que tenha sido tomado. Câmeras de segurança da agência flagraram a ação. Segundo a Polícia, os homens teriam sido identificados. Até o fechamento desta edição, no entanto, as identificações não foram informadas à reportagem.
Elucidado
Na tarde de ontem, a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), afirmou que elucidou e capturou todos os envolvidos na morte do inspetor Roberto Cosme Bezerra, 44, assassinado no bairro Messejana em outubro de 2015.
De acordo com a diretora da Especializada, delegada Socorro Portela, cinco pessoas foram denunciadas e o último envolvido no crime ainda foragido foi capturado pela Polícia Militar na última sexta-feira (15). Alisson Forte do Nascimento, de 21 anos, segundo a delegada, confessou participação no crime. Ele foi capturado em um bar no bairro Antônio Bezerra.

 Levi de Freitas - Repórter
Diário do Nordeste
Via Diomar Araujo

Ao se identificar seu comentário terá mais relevância.
EmoticonEmoticon