Criminosos explodem carro-forte após troca de tiros e roubam malotes

Com a explosão, teto do carro-forte foi completamente destruído

Pelo menos quatro criminosos interceptaram e explodiram um carro-forte em Niquelândia, região norte de Goiás. Antes de detonarem o veículo e roubar os malotes, o grupo, que estava em uma Toyota Hilux SW4 de cor escura, trocou tiros com os quatro ocupantes do carro atacado. Apesar disso, ninguém ficou ferido. A Prosegur, proprietária do veículo, confirmou o assalto em nota, mas não revelou o que nem quanto foi levado. O comunicado diz ainda que a empresa "está à disposição das autoridades policiais para ajudar no que for necessário durante as investigações". O crime ocorreu na quinta-feira (14). De acordo com Grupo Antirroubo a Banco (GAB) da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic), responsável pela investigação, a Hilux ultrapassou o carro forte e começou a efetuar os disparos.
Os carros pararam e os agentes revidaram, mas, em determinado momento, resolveram fugir por uma mata. Os criminosos então detonaram explosivos que arrancaram o teto do veículo. Após pegar os malotes, eles fugiram. Ainda não há pistas sobre o paradeiro ou a identidade dos integrantes do grupo.


Integrantes do carro-forte trocaram tiros e depois fugiram


Empresa confirmou assalto, mas não disse o que nem quanto foi levado

Ao se identificar seu comentário terá mais relevância.
EmoticonEmoticon